Por que a falta de planejamento (ainda) é a maior causa de falência de empresas no mundo

Você sabia que 1 em 4 empresas encerram suas as atividades em 24 meses? Essa informação normalmente é utilizada como forma de desencorajar o empreendedorismo no Brasil, mas a gente quer te mostrar algo diferente: é possível empreender e, acredite, dar certo! É fato que a burocracia, a incerteza política e a instabilidade econômica dificultam a atividade empreendedora e empresária no País. Se mesmo uma empresa madura, com anos de praça, acaba sofrendo com a volatilidade de preços e a insegurança econômica, o que dizer sobre os iniciantes? Mas e se nós dissermos que é sim possível superar esse cenário negativo? É, sim, possível empreender, crescer, investir no Brasil?

A consultoria empresarial vem ganhando amplitude no Brasil, especialmente para auxiliar as empresas na prevenção e contensão de adversidades do mercado, não apenas para corrigir ou resolver um problema existente. A previsão de cenários e o controle de indicadores é de extrema importância para a tomada de decisão. Nesse dito ambiente de instabilidade política, econômica e social, o suporte para a gestão é imprescindível para a saúde da empresa. Mas, ainda assim, pesquisas apontam que 70% das empresas no Brasil não possuem indicadores claros. Ter conhecimento prévio dos fatores que influenciam no mercado possibilita uma maior flexibilidade para movimentos estratégicos e para a tomada de decisão, o que é vital para a empresa. Conhecer sistematicamente todos os setores e recursos da organização é altamente eficaz.

A ausência de consciência financeira, a má gestão e a falta de comunicação entre as pessoas, são, há muitos anos, os maiores problemas das empresas. Ainda que se tenham colaboradores eficientes, é necessário que a forma para executar a atividade de trabalho que fique clara a todos envolvidos. Na maioria dos casos, pesquisas indicam que não é o mercado que está saturado, mas o produto ou serviço que está mal inserido num contexto em que não deveria estar. Métricas confusas, objetivos não alinhados, falta de estratégia: eis as necessidades básicas para a empresa e para o empreendedor, mas que ainda são ignorados pela prática empresarial.

Por essa razão, sem nem mesmo chegar a competir de verdade no mercado as empresas quebram. Sem nem mesmo desenvolver uma identidade na qual o cliente perceba o valor real daquele produto ou serviço oferecido, as empresas quebram. Além disso, mais da metade das empresas que permanecem no mercado, após a fase de desenvolvimento nem chegam a ser consideradas maduras, passam por crises internas desnecessárias e acabam encerrando as atividades. Mas como evitar que a estatística chegue aos teus negócios?

As startups, por exemplo, vieram com um novo conceito de negócios, tornando o mercado diferente, com formatos diferentes e formas inovadoras. A economia se reinventou e os modelos de gestão estão cada vez mais avançados, para seguir o crescimento desses negócios. Esses novos modelos de negócios, embora não se confundam com a forma tradicional das empresas no Brasil, podem trazer lições importantes ao empreendedor tradicional.

Porém, alguns problemas persistem em existir, independentemente do modelo de negócios que se adote. É necessário encarar as dificuldades, reconhecendo a importância de um planejamento estratégico e, depois, implementar os planos, monitorar, e seguir nesse fluxo, para que sua empresa possa colher os frutos de uma boa organização.

Vamos mudar esse cenário juntos?

Olá! Sou o Bruno.

Como vai?

Vou me apresentar brevemente.

Sempre gostei muito de buscar conhecimentos sobre tudo, principalmente sobre como as empresas e negócios funcionam. Como são as atividades, os processos e como é que se ganha dinheiro na criação e venda de produtos e serviços. Com essas inquietudes, comecei a pensar que precisava ter um negócio em que eu pudesse responder a essas perguntas.
Eu me apaixonei de fato pelo mundo dos negócios assim que conclui o curso de administração, em 2015. Depois disso, comecei a participar de diversos cursos e congressos sobre gestão de empresas, e foi aí que percebi que iniciar o meu negócio era uma necessidade.
Com isso, fundei a Biznes Consultoria. Acabei me tornando consultor por vocação. É isso que eu gosto de fazer, e transformei essa paixão em meu negócio. A partir daí, passei a dedicar meu tempo, quase que exclusivamente, para atender pessoas e organizações com problemas ou oportunidade nos negócios. O que eu trago como propósito pra Biznes é contribuir com as pessoas em seus projetos e gerar valor a todos envolvidos, especialmente as suas empresas. O nosso trabalho é consultoria de verdade.
Em 2017 me tornei especialista em gestão empresarial e, com isso, direcionei a Biznes para atender com foco em demandas de gestão e demais áreas nos negócios, identificando problemas e criando soluções.
Em 2019, nosso time cresceu e começamos a atuar, também, na área da educação nos negócios, agregando conhecimento e informação para a melhor consciência e para a melhor tomada de decisão, reduzindo os riscos e incertezas, e aumentando as chances de sucessos para a geração de valor compartilhado.

Quer conhecer mais do que fazemos e como fazemos?

Entra em contato com a Biznes. Vai ser uma honra te ajudar.